MACAU: Após determinação do prefeito, empresa trabalhou no feriado para concluir coleta domiciliar no município e distritos

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 13-10-2017

A Prefeitura de Macau, através da Secretaria de Infraestrutura, segue fiscalizando os serviços da limpeza pública pelas ruas da cidade. Os trabalhos que estavam paralisados há dois dias foram retomados na quarta-feira (11), após posicionamento do prefeito Tulio Lemos em relação à empresa Vale Norte, responsável pelos serviços de limpeza pública no município.

A coleta domiciliar foi iniciada pelo Centro, onde o serviço já foi concluído, cobrindo também 90% do bairro do Valadão. Ontem, quinta-feira (12), estava sendo finalizada a coleta no Valadão e outro carro coletor está concluindo agora pela manhã o recolhimento de resíduos na Praia de Camapum, para depois seguir para o Porto de São Pedro.

Comunidades

A gerência operacional da Vale Norte informa que na parte da tarde será feita a coleta nos distritos, sendo um coletor deslocado para cobrir toda a área da Ilha de Santana e o segundo para Salinópolis, Tambaú, Quixabas, Cohab e Canto do Papagaio. Um caminhão está fazendo o recolhimento de podas de árvores.

Coleta continua em todo município e distritos

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: 40% dos aposentados já estão com salários de setembro nas contas bancárias

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 13-10-2017

A prefeitura de Macau confirmou, através de nota divulgada no início da de quarta-feira (11), que já disponibilizou o arquivo da folha de pagamento de aposentados e pensionistas que ganham um salário mínimo, promovendo o pagamento antes da data prevista, programada anteriormente para hoje.

Segundo Raimundo Peni, presidente do Fundo de Seguridade Municipal, a medida beneficia cerca de 200 servidores, o que representa um percentual em torno de 40% dos inativos da Previdência Municipal. O pagamento das outras faixas salariais será retomado nos próximos dias, mediante a disponibilidade de recursos.

Efetivos em dia

O prefeito Tulio Lemos voltou a lembrar que os salários de setembro foram pagos em dia aos servidores efetivos e que a sua gestão não deve salários a categoria. Existe uma dívida da prefeitura com efetivos e aposentados, mas corresponde a 50% dos salários atrasados de novembro e dezembro de 2016, herdada da gestão anterior e esse montante que chega perto dos R$ 2,3 milhões será pago em 16 parcelas, a partir de novembro próximo.

Imagem Ilustrativa
facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Servidores efetivos estão com salários em dia

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 13-10-2017

A queda de receitas, principalmente a frustração em relação ao Fundo de Participações dos Municípios-FPM tem atingindo em cheio o planejamento das prefeituras no país. Em Macau, não tem sido diferente, mesmo assim, a prefeitura informa que está 100% em dia com os servidores efetivos.

Para Fagner Teodósio, Secretário Municipal de Administração e Finanças, cada dia tem ficado mais difícil manter o planejamento e cumprir metas, para manter o equilíbrio das finanças do município, em razão das constantes quedas de receitas. Fagner também chamou atenção para o atraso nos repasses federais.

 De acordo com as informações do setor de Recursos Humanos da Secretaria de Administração, cerca de quase mil servidores estão com seus salários rigorosamente em dia. A Secretaria de Administração e Finanças trabalha agora para apresentar um cronograma de pagamento dos vencimentos de contratados e cargos comissionados.

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Pagamentos de salários atrasados da gestão passada serão retomados em novembro

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 13-10-2017

A Prefeitura de Macau já articula a elaboração de um cronograma de pagamento da parcela de salários atrasados deixados pela gestão passada, num montante superior a R$ 2, 4 milhões, contemplando efetivos e aposentados que entraram 2017 sem os vencimentos de novembro e dezembro.

A dívida herdada perto de R$ 5 milhões foi parcelada no início da gestão Tulio Lemos, sem a intervenção da justiça, através da iniciativa dos representes das categorias e do poder público, que restabeleceu o diálogo interrompido na gestão anterior.

Até o mês de julho de 2017, a Prefeitura de Macau cumpriu rigorosamente em dia o pagamento do atrasado, interrompendo o acordo devido a frustração de receitas que fugiu todas as previsões orçamentárias da gestão. Nesse período foi desembolsado valor superior a R$ 2,5 milhões.

A parcela do atrasado negociado na justiça será paga em 16 parcelas de R$ 150 mil, a partir de 30 de novembro. A prefeitura deve se pronunciar ainda sobre a forma como esse montante será dividido, já que serão contemplados servidores efetivos, aposentados e pensionistas, prejudicados pela gestão que se encerrou em 31 de dezembro de 2016.

Alternativas

O Secretário de Administração e Finanças, Fagner Teodósio adiantou que vem sendo discutidas duas alternativas, o pagamento por ordem alfabética e data de aniversário do servidor, de forma quem tem salários atrasados de 2016 possa ser beneficiado com um segundo salário dentro do mês. “Tudo isso será levada à mesa de negociação com as categorias”, concluiu Fagner.

O acordo foi possível também por intermédio de uma ação da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Macau. A negociação aconteceu na mesa da juíza da Vara Cívil da Comarca de Macau, Larissa Almeida Nascimento.

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Prefeitura assina de termo de cooperação técnica e leva projetos do Incra para 180 famílias de Macau

Arquivado em (Agricultura, Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 09-10-2017

O Prefeito Tulio Lemos foi o primeiro gestor municipal a viabilizar junto ao Incra uma conquista importante para 180 famílias residentes nos assentamentos Encruzilhada, Sebastião Andrade e Venâncio Zacarias, que acabaram de assinar um Termo de Cooperação Técnica com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária-Incra. Com o documento, os beneficiários agora estão aptos a ter o acesso a projetos federais, inclusive com linhas de crédito.

“Através deste convênio, o município de Macau e o Incra disponibilizaram também o Termo de Uso da Terra (título provisório da posse da terra) e com isso já se iniciou em Encruzilhada o georreferenciamento para a cessão do título definitivo da terra esses agricultores que ganham empoderamento, através dessa iniciativa”, explicou a historiadora Carla Lemos, que acompanhou de perto todo o processo, voluntariamente.

Segundo o prefeito Tulio Lemos, o município de Macau vai encerrar o ano de 2017 nos assentamentos com quantitativos e qualitativos importantes para a sustentabilidade dessas famílias que moram na zona Rural. “Estamos concluindo os projetos do crédito Fomento Mulher, que vai disponibilizar as mulheres assentadas R$ 3 mil, totalizando um investimento de R$ 294 mil, sendo esses recursos disponibilizados pelo Incra”, explicou o gestor municipal.

Gestão Tulio Lemos valorizando às famílias do campo

facebooktwittergoogle_plusmail

Em Brasília, Tulio defende a segurança da atividade e o emprego na indústria salineira

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 29-09-2017

O prefeito de Macau, Tulio Lemos considerou positiva a audiência em que ele esteve presente nesta quarta-feira (27), no Palácio do Planalto com o presidente Michel Temer, o governador Robinson Faria, deputados federais e empresários do setor salineiro potiguar. A pauta levada ao Distrito Federal foi deliberada em razão da urgência na publicação de um decreto federal considerando o parque salineiro de interesse social.

O Rio Grande do Norte produz 2,5 milhões de toneladas/ano de sal, equivalente a 95% da produção de todo o sal do Brasil. A cidade de Macau lidera esse ranking, sendo a maior produtora no Estado. “Fomos defender o nosso sal e o emprego do macauense, como também o fortalecimento da economia do nosso estado, e em especial de Macau”, justificou Lemos.

 “A edição desse decreto é importante para dar segurança jurídica à atividade salineira, que não conta com uma legislação específica, ficando submissa a ações e restrições de órgãos de controle ambiental”, justificou Airton Paulo Torres, representante da indústria salineira no encontro com Temer.

Prefeito Tulio  em Brasília durante encontro com Temer para defender produtores de sal

facebooktwittergoogle_plusmail

Prefeitura de Macau orienta hotéis e pousadas a participarem do Cadastur

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 25-09-2017

A cidade de Macau tem potencialidades principalmente para o turismo de eventos, sol e mar. Por isso, o Ministério do Turismo em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo realiza nesta segunda (25), e terça-feira (26), visitas aos hotéis e pousadas da cidade para orientar sobre a importância dos prestadores de serviços turísticos se inscreverem no Cadastur – um banco de dados para consulta sobre o mercado turístico no Brasil.

Logo mais às 19 horas, acontecerá uma palestra sobre o Cadastur na Câmara Municipal de Macau. A ação conta também com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Turismo e beneficia não apenas proprietários de hotéis e pousadas, mas também dono de restaurantes e outros meios de alimentação e hospedagem.

O sistema de cadastro permite o acesso a diferentes dados e relatórios gerados pelos sistemas de informações do Ministério de Turismo e tornou-se obrigatório desde 2008 para agências de turismo, organizadoras de eventos, parques temáticos, meios de hospedagem e acampamentos turísticos.

“O cadastro no Ministério do Turismo é importante também para que a prefeitura obtenha recursos federais para a área no município. É a partir desses números que o governo vai conhecer o potencial turístico da cidade. Quanto menos estabelecimentos cadastrados, menos a cidade parece oferecer”, explicou a Secretária de Turismo, Jemima Aladim.

O cadastro no Ministério de Turismo é gratuito e pode ser feito pelo site www.cadastur.turismo.gov.br

facebooktwittergoogle_plusmail

Prefeitura de Macau reduz quase 50% da folha de comissionados

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 22-09-2017

Com as sucessivas quedas na arrecadação da prefeitura, não restou outra alternativa ao prefeito de Macau Tulio Lemos, que não fosse cortar na própria carne, reduzindo salários e demitindo cargos comissionados. A exoneração de mais de 70 cargos comissionados e a redução nos vencimentos vão representar já neste mês de setembro uma diminuição de 46,49% no peso dessa folha nas despesas da prefeitura.

“Me deixa triste tomar essas medidas, inclusive atingindo companheiros que ajudaram a construir o nosso projeto político e que estavam contribuindo para a gestão. A severa crise econômica não é uma peça de mídia, basta lembrar que a administração anterior enviou à Câmara Municipal e aprovou um orçamento com projeção de receitas para 2017 de R$ 122 milhões, numa bem realidade diferente da que enfrentamos com uma arrecadação anual que deverá ser pouco superior aos R$ 80 milhões”, apontou o prefeito Tulio Lemos.

Com a exceção dos salários de secretários municipais, que já foram reduzidos de R$ 6 mil para R$ 5 mil reais, por força do Projeto de Lei 017/2015, aprovado pelo Legislativo e sancionado pelo então prefeito Kerginaldo Pinto, a Prefeitura de Macau publicou um decreto nesta quinta-feira, 21, oficializando esses cortes de salários, retroagindo os efeitos da medida a 1º de setembro de 2017.

Salários menores

De acordo com o decreto Nº 2.321/2017, os servidores em cargo CC2, que recebem atualmente R$ 4 mil, terão a remuneração reduzida para R$ 2 mil, enquanto que os CC3, com salário atual de R$ 3 mil, vão receber R$ 1, 7 mil. A redução também atingiu os servidores com a nomenclatura CC4, com salário atual R$ 2,5 mil, diminuído para R$ 1,5 mil, já os cargos CC5, com salários de R$ 2 mil vão passar a receber R$ 1,3 mil e os CC6 passam de R$ 1.2 mil para o salário mensal de R$ 950,00.

Corte de 30% no custeio

Também foi publicado nesta quinta-feira, 21, um segundo decreto prevendo medidas austeras com cortes de despesas (água, telefone, energia elétrica, combustível, material de limpeza e de expediente, dentre outras), suspendendo gratificações para servidores, horas extras, atingindo o orçamento de todas as secretarias. A meta estabelecida é de uma economia de 30% nos gastos mensais.

facebooktwittergoogle_plusmail

Cumprindo agenda em Brasília, Tulio recebe apoio de Fábio Faria para pleitos na Saúde

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 22-09-2017

A agenda administrativa do prefeito de Macau, Túlio Lemos em Brasília tem sido bastante proveitosa nessa semana. Na quarta-feira (20), o chefe do executivo macauense foi recebido pelo deputado federal Fábio Faria, onde expôs ao parlamentar do PSD a situação financeira do município para custear a Saúde e concluir obras como a da UPA, iniciada em 2014.

“Estamos precisando de mais recursos para manter os serviços em pleno funcionamento, principalmente no Hospital Antônio Ferraz. A Saúde tem consumido praticamente boa parte do caixa do município”, explica o prefeito. Segundo relatou Lemos, é no hospital municipal onde se concentram os serviços mais importantes, como o pronto-socorro, a maternidade e o centro cirúrgico.

“De janeiro até agora, foram feitas mais de 400 cirurgias”, ressalta. O deputado Fábio Faria disse ao prefeito que é possível buscar uma solução junto ao Ministério da Saúde, por isso uma audiência já está sendo agendada com o ministro Ricardo Barros para que a Prefeitura de Macau apresente projetos.

Tulio é recebido por Fábio Faria, juntamente com o vice-prefeito Rodrigo Aladim e Bosco Afonso

facebooktwittergoogle_plusmail

Decreto baixa salários dos cargos comissionados da Prefeitura de Macau para enfrentamento da crise financeira

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 21-09-2017

A edição extra do Diário Oficial do Município de Macau publicado nesta quinta-feira (21) traz decretos e medidas de contenção de gastos que a partir de agora, serão adotadas pela gestão do prefeito Tulio Lemos, que busca enfrentar a crise financeira pela qual passa o município em decorrência das quedas frequentes nas receitas.

No Diário, consta a baixa no valor da remuneração dos cargos comissionados, que após novo estudo da equipe técnica do governo, levando em consideração a frustração de receitas, ficam assim temporariamente:

  • CC2, salário atual R$ 4 mil, fica com salário de R$ 2.000,00 (dois mil reais);
  • CC3, salário atual R$ 3 mil, fica com salário de R$ 1.700,00 (Um mil e setecentos reais);
  • CC4, salário atual R$ 2, 500, fica com salário de R$ 1.500,00 (Um mil e quinhentos reais);
  • CC5, salário atual R$ 2 mil, fica com salário de R$ 1.300,00 (Um mil e trezentos reais);
  • CC6, salário atual R$ 1.200, fica com salário de R$ 950,00 (novecentos e cinquenta reais).

O decreto que baixou os salários retroage a 1º de setembro, perdurando seus efeitos até 31 de dezembro de 2017, podendo ser prorrogado por conveniência da administração.

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Diário Oficial traz decretos com redução de salários de comissionados, exonerações e medidas de contenção de custos

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 21-09-2017

Levando em conta o turbulento e imprevisível cenário econômico nacional com reações que ocasionaram frustação de arrecadação em recursos oriundos de transferências constitucionais, que representam parcela da receita prevista, fato este, que vem ocasionando entre outros efeitos negativos para a gestão, a impossibilidade de equilíbrio entre a receita e as despesas públicas na Prefeitura de Macau, serão publicados ainda nesta quinta-feira, 21, três decretos assinados pelo prefeito Tulio Lemos que trazem medidas de contenção no custeio da máquina pública, inclusive com a redução de salários para cargos comissionados em várias faixas.

O decreto que prevê cortes de salários em torno de 50% retroage seus efeitos a 1º de setembro, perdurando seus efeitos até 31 de dezembro de 2017, podendo ser prorrogado por conveniência da administração. Também serão publicados nesta quinta-feira (21), cerca de 100 portarias de exonerações de servidores comissionados, atingindo todas as pastas da gestão municipal. “Fizemos o possível para manter o emprego, evitando o caos social, mas não restou alternativa, que não fosse se adequar agora a essa realidade econômica, que traz efeitos negativos para todos os municípios brasileiros”, justificou o prefeito Tulio Lemos.

Também por decreto ficam estabelecidas medidas para contenção de despesas até 31 de dezembro próximo, no âmbito do Poder Executivo Municipal, abrangendo a Administração Direta e Indireta. Estão suspensas as práticas de formalização de contratos provisórios, exceto para atenção a necessidades temporárias de excepcional interesse público; a realização de aditivos contratuais que importem em aumento quantitativo e/ou qualitativo nos contratos de obras e serviços de engenharia, de aquisição de bens e de prestação de serviços, inclusive de locação de imóveis, de veículos e de máquinas e equipamentos, exceto para atenção a necessidades temporárias de excepcional interesse público.

Ainda ficam suspensas todas as licitações para contratação de obras e serviços de engenharia e de parcerias público-privadas, pelo prazo de 90 (noventa) dias, exceto aquelas decorrentes de recursos federais ou estaduais ou decorrentes de acordos/recomendações ministeriais e judiciais. O apoio a eventos realizados por particulares ou por pessoas jurídicas de direito público, por intermédio de convênios, de termos de cooperação técnica ou de termos de parceria também fica suspenso por força do decreto.

Cortes em horas extras e gratificações

O decreto traz ainda a suspensão na concessão de horas extras a servidores públicos, salvo exceções devidamente justificadas dos servidores lotados na Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação e Cultura e mediante avaliação do Comitê Gestor, criado para avaliar esses casos. A revisão imediata de todos os atos de cessão vigentes no âmbito da municipalidade, priorizando-se seu ajuste aos casos de cessão recíproca ou com ônus para o cessionário também estão entre as medidas anunciadas.

30% no corte do custeio da máquina

Por fim, está estabelecida como meta também a redução do percentual de 30% (trinta por cento) do valor gasto com custeio das Secretarias Municipais, tais como gastos com energia, telefone, combustível, material de expediente e outros elementos de natureza símile. Todas as medidas serão acompanhadas pelo Comitê de Controle e Redução dos Gastos Públicos, que terá a seguinte composição: Secretário Municipal de Governo (Gabinete Civil); Secretário Municipal de Administração e Finanças e Controlador Geral do Município.

Prefeito adota medidas para enfrentamento da crise financeira

facebooktwittergoogle_plusmail

Prefeito Tulio Lemos decreta três dias de luto oficial em Macau

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 20-09-2017

A morte do empresário Francisco Cabral de Oliveira, aos 92 anos, no final da tarde desta terça-feira (19), também pegou de surpresa o prefeito de Macau Tulio Lemos. Em agenda administrativa na capital federal, assim que tomou conhecimento do falecimento do fundador da Empresa Expresso Cabral, Lemos determinou que fosse publicado ainda hoje o decreto do Poder Executivo com o luto oficial de três dias em todo território municipal.

Macauense, seu Chico Cabral, como era mais conhecido o empresário, exerceu suas atividades no transporte interestadual de passageiros nos últimos 60 anos. Viúvo, perdeu a batalha pela vida lutando contra uma pneumonia e deixa órfãos cinco filhos.

Eis;

A cidade de Macau sofre uma grande perda com o falecimento do empresário macauense Francisco Cabral de Oliveira. No comando da Expresso Cabral, seu Chico Cabral como gostava de ser chamado pelos familiares e amigos foi um impulsionador do crescimento e da modernização do transporte público intermunicipal de passageiros, onde atuou com o mesmo entusiasmo e eficiência durante os últimos 60 anos.

Macau e o Rio Grande do Norte são gratos a seu Chico Cabral por sua sensibilidade social. Na sua vida empresarial sempre estiveram presentes as boas lembranças de Macau, sua terra natal e o compromisso com o desenvolvimento econômico do estado com a geração de emprego para centenas de pais de famílias.

Chico Cabral foi um visionário, pioneiro, destemido e resistente a tantas mudanças que teve que se adaptar na sua atividade empresarial, sem nunca pensar em desistir Agiu sempre na boa fé com inteligência e espírito público. Por tudo isso e por seu legado, ele fará falta a todos nós macauenses e potiguares.

Perdi um amigo e em nome do Governo do Município venho aqui manifestar irrestrita solidariedade à toda família enlutada.

Que Deus conforte o coração de todos nós, neste momento de dor e saudade.

Tulio Lemos

Prefeito de Macau

facebooktwittergoogle_plusmail

Prefeito Tulio Lemos desembarca em Brasília para cobrar medidas emergenciais para solucionar crise hídrica em Macau

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 20-09-2017

O prefeito de Macau Tulio Lemos foi convidado pelo Governador Robinson Faria e participa juntamente com o vice-prefeito Rodrigo Aladim de uma reunião nesta quarta-feira (20), em Brasília, com o Ministro da Integração Nacional (MI), Helder Barbalho. O objetivo da presença da comitiva potiguar na capital federal é para cobrar a liberação de recursos na ordem de R$ 88 milhões para a execução de medidas emergenciais e ações de enfrentamento à seca em Macau e em outras regiões do Rio Grande do Norte. Convidados também pelo Governo, os prefeitos de Guamaré, Hélio Willamy e de Pendências, Fernandinho Medeiros também integram a comitiva.

Na reunião em Brasília, o Governo do Estado vai apresentar ao Ministério da Integração dois projetos do Plano Emergencial de Segurança Hídrica. O primeiro deles, que é o Complexo Captacional da Barragem Armando Ribeiro, fará a retirada da água de dentro do reservatório por uma adutora. Isso permitirá que, mesmo que o reservatório chegue ao volume morto, possa-se usar a água por mais tempo. A obra está orçada em R$ 22 milhões.

O outro projeto também já está pronto desde 2015. “Tivemos duas reuniões na última semana em Natal, onde discutimos alternativas para enfrentar o colapso de água em Macau e na região e nas duas ocasiões lembramos que a construção da adutora emergencial de Afonso Bezerra a Pendências, a qual utilizaria a água captada a partir de uma bateria de 5 poços já perfurados pela CAERN, seria a solução definitiva para o problema que somente em Macau, Pendências e Guamaré castiga uma população de 70 mil habitantes”, concluiu o prefeito Tulio Lemos, lembrando que a obra está orçada em R$ 66 milhões.

Municípios em alerta

De acordo com o monitoramento do Instituto de Gestão das Águas (Igarn) e da Agência Nacional de Águas – ANA, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, conta hoje com apenas 375,713 milhões de m³, 15,65 % do seu volume máximo. O fato compromete o futuro do abastecimento de água de vários municípios potiguares, dentre eles, as cidades abastecidas pela adutora Pendências-Macau.

Prefeito e comitiva buscarão apoio para construção da adutora Afonso Bezerra/Pendências

facebooktwittergoogle_plusmail

PREVENÇÃO: Campanha Nacional de Multivacinação tem Dia D neste sábado (16) em Macau

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 16-09-2017

A Prefeitura Municipal de Macau, por meio da Secretaria de Saúde iniciou na segunda-feira (11), e segue até o dia 22 de setembro a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente.

Durante este período, os postos de saúde da rede pública oferecerão 16 tipos de vacinas para crianças e 7 tipos de vacinas para adolescentes menores de 15 anos, com diferentes faixas etárias.

O Dia D será realizado em 16 de setembro. “Nesse dia todos os postos de saúde da rede pública municipal de Macau estarão abertos das 8h às 17h para atendimento ao publico alvo”, informou Nayara Pereira Almeida, coordenadora de Epidemiologia e Imunização do município.

Segundo Nayara, o objetivo da campanha é resgatar os não vacinados ou completar esquemas de vacinação. “É de suma importância levar a caderneta de vacinação aos postos de saúde”, destacou lembrando em seguida as vacinas que serão oferecidas durante a Campanha de Multivacinação, e as faixas etárias alvo, correspondentes:

BCG (formas graves de tuberculose) – menores de 5 anos;

Hepatite A – menores de 5 anos;

Penta (hepatite B, difteria, tétano, coqueluche e haemophilus influenzae B) – menores de 7 anos;

Hepatite crianças e adolescentes entre 7 anos e menores de 15 anos;

VIP (vacina inativada contra a poliomielite)– menores de 5 anos;

VOPb (vacina oral contra a poliomielite) – menores de 5 anos;

Rotavírus – menores de 8 meses;

Pneumocócica 10 valente – menores de 5 anos;

Meningocócica C conjugada – crianças a partir de 3 meses de idade a menores de 5 anos e adolescentes de 12 e 13 anos;

Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) – crianças a partir de 12 meses de idade e adolescentes menores de 15 anos;

Tetraviral (sarampo, caxumba, varicela e rubéola) ou tríplice viral + varicela (atenuada) – menores de 5 anos;

DTP (difteria, tétano e coqueluche) – até menores de 7 anos;

dT (difteria e tétano) – para crianças a partir de 7 anos e adolescentes menores de 15 anos;

dTpa (difteria, tétano e coqueluche acelular) – para gestantes menores de 15 anos de idade;

HPV (papiloma vírus) – meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos;

Febre amarela: Criança a partir de nove meses e adolescente menor de 15 anos residente ou viajante para as áreas com recomendação de imunização ou com indicação temporária de vacinação.

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Secretaria Municipal de Educação se prepara para Prova Brasil 2017

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 16-09-2017

Com foco na Prova Brasil 2017, que será aplicada no período de 23 de outubro a 3 de novembro, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura vem realizando a Formação Continuada para os professores dos 5º e 9º anos do ensino fundamental e do 3º ou 4º anos do Ensino Médio da rede de ensino de Macau.

A primeira reunião para formação aconteceu essa semana na Escola Edinor Avelino, no bairro do Valadão. Participam da formação os professores de Língua Portuguesa e Matemática. “É nosso objetivo instrumentalizar os professores para que dominem os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática, os conhecimentos relativos ao processo de aprendizagem dos estudantes”, ressaltou o Secretário de Educação Vagner de Souza.

O Secretário de Educação também destacou que a formação prepara os educadores para trabalharem situações didáticas necessárias para que estes desenvolvam as competências e habilidades necessárias para o uso da leitura e da escrita em diferentes situações de comunicação e para a resolução de problemas que envolvam conhecimentos matemáticos.

O resultado dessa avaliação será mensurado por meio do Índice de Desenvolvimento da Educação Brasileira- IDEB, a ser divulgado em 2018. “Estamos confiantes que o esforço será reconhecido com essa avaliação que poderá trazer surpresas positivas, pois temos por trás de tudo isso o envolvimento e comprometimento da nossa equipe pedagógica e dos educadores”, concluiu Vagner de Souza.

Preparatórios para Prova Brasil 2017 estão a todo vapor

Foto: Francisco Anthony
facebooktwittergoogle_plusmail