GUAMARÉ: Prefeito Hélio destaca avanços na Saúde do município durante Conferência Regional de Vigilância em Saúde

Arquivado em (Prefeitura de Guamaré) Por Wallacy Atlas on 05-10-2017

Atenção básica de qualidade, vigilância eficiente em saúde pública e a oferta de serviços de média complexidade nas unidades de saúde do município pautaram as palavras do prefeito de Guamaré, Hélio Willamy aos conferencistas da I Conferência Regional de Vigilância em Saúde.

O encontro no Clube Municipal da Orla de Aratuá reuniu profissionais da área de saúde de 26 municípios potiguares para discutir o tema: “Vigilância em saúde, direito, conquista e defesa de um SUS público de qualidade”. Segundo o Secretário de Saúde, Adriano Diógenes, desse evento saíram doze propostas práticas que serão apresentadas na conferência estadual, que acontece em outubro, na capital do estado.

Bastante elogiado pela organização e receptividade na conferência, o prefeito Hélio Willamy também destacou que o município vai incluir as 12 propostas discutidas e aprovadas pelos conferencistas no Plano Plurianual, garantindo assim, recursos para execução de todas elas. “O objetivo é melhorar e ampliar a assistência ao cidadão na saúde pública” ressaltou.

Prestígio

A conferência, além de gestores e técnicos na área de saúde dos 26 municípios representados foi prestigiada também com as presenças de Marcelo de Morais, Gerente da III Unidade Regional de Saúde Pública- URSAP e Lucianny Guerra, coordenadora da Comissão Intergestores Regional-CIR da III Região de Saúde no Rio Grande do Norte. Os vereadores Carlos Câmara, Eudes Miranda, Lizete Negreiros e Edinor de Albuquerque também formaram a mesa de autoridades no evento.

Prefeito destaca avanços na Saúde de Guamaré durante sua gestão

Fotos: Josivan Dantas
facebooktwittergoogle_plusmail

Déficit previdenciário leva folha de pagamento do Executivo a atraso

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 05-10-2017

O secretário de Estado de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira explicou, em entrevista coletiva no apagar das luzes de setembro, mais precisamente na sexta-feira (29), e disse que o principal motivo da dificuldade em fechar a folha de pagamento dos servidores do poder Executivo é o déficit da previdência do estado. O déficit é da ordem de R$ 130 milhões/mês, quase um terço do valor total da folha, que é algo em torno de R$ 430 milhões.

Nogueira assinalou ainda que neste mês de setembro o deslocamento na data para a finalização da folha acentuou-se pelo fato de que, historicamente, no nono mês do ano, as receitas dos estados e municípios são as menores do exercício.

A folha de pessoal do estado é composta por 54 mil servidores ativos, 38 mil inativos e 10 mil pensionistas. O ideal é que existam quatro servidores na ativa para cada um aposentado e pensionista. Mas esta relação está hoje desequilibrada, e os aposentados e pensionistas representam 90% do pessoal da ativa.

O titular do Planejamento lembra que em 2016 houve repasse de receita extraordinária pelo Governo Federal aos Estados, referente à repatriação de recursos. No caso do Rio Grande do Norte esta receita foi de R$ 422 milhões.

Gustavo Nogueira rebate as avaliações de que a administração estadual não tem controle dos gastos. Ele mostra que o custeio do estado feito com a receita ordinária liquida do tesouro, sem incluir a folha de pessoal, se manteve estável nos últimos três anos. Em 2015 o custeio médio mensal foi de R$ 38 milhões. Em 2016 foi de R$ 40 milhões e, em 2017, a média até o dia 28 de setembro é de R$ 39 milhões.

Secretário Estado de Planejamento e Finanças faz balanço de contas do governo

facebooktwittergoogle_plusmail

Ezequiel Ferreira ressalta importância do Outubro Rosa com Grupo Reviver

Arquivado em (AL/RN) Por Wallacy Atlas on 05-10-2017

Eunice de Souza Pontes, 74 anos, Francisca da Silva, 63 anos, e Maria das Graças Rosa, 60 anos. Em comum estas mulheres tinham a necessidade de realizar uma mamografia há mais de 5 anos e não tinham êxito. Nesta quinta-feira (05), no pátio da Assembleia Legislativa, elas realizaram o exame na unidade móvel Savana Galvão, equipada com um mamógrafo digital numa ação promovida pelo Poder Legislativo em parceria com o Grupo Reviver, dentro da programação do Outubro Rosa.

“Contribuir com o Grupo Reviver é sempre muito gratificante, principalmente, quando se constata o benefício de impactar as pessoas trazendo conforto e bem estar. Há uma fila de milhares de mulheres em busca de mamografias na rede pública. Um pouco desta demanda reprimida chega para atendimento durante o Outubro Rosa. A Casa Legislativa junto com as voluntárias do Grupo Reviver contribui para a prevenção do Câncer de Mama há três anos. E, ao detectar casos da doença já efetua o encaminhamento para o início do tratamento”, explicou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), durante visita a unidade na manhã desta quinta-feira, acompanhado dos deputados George Soares (PR) e Larissa Rosado (PSB).

Até o dia 12 de outubro, a unidade móvel estará estacionada na frente da Assembleia Legislativa realizando um mutirão de mamografias gratuitas, um dos principais exames para detecção de câncer de mama. A ação inicia a programação do Outubro Rosa e tem como objetivo atender a alta demanda criada pela dificuldade de acesso das mulheres para conseguir atendimento desde a prevenção até o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Grupo Reviver contribui para a prevenção do Câncer de Mama há três anos, disse Ezequiel 

Foto: Eduardo Maia
facebooktwittergoogle_plusmail

Pesquisa aponta o RN entre os destinos mais desejados do país

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 05-10-2017

Mesmo diante de uma crise econômica, o turismo no Rio Grande do Norte não perdeu força. O estado é o quinto destino mais desejado dentro do Brasil entre os turistas brasileiros, ficando com 8.3% da preferência e a frente de estados como a Bahia. Na região Nordeste, o RN é a terceira rota mais almejada.

Os números estão presentes na pesquisa “O Viajante Brasileiro” apresentada, nesta quinta-feira (05), ao governador Robinson Faria, trade turístico potiguar, agentes de turismo em geral e imprensa.  O estudo aborda os principais hábitos do consumidor de viagem no Brasil, principalmente os que influenciam na decisão de escolha do destino e o seu formato de compra. O levantamento foi feito no início do ano e atualizado em abril;

No evento também foi lançada a edição de outubro da Revista Viagem e Turismo com matéria especial sobre o RN. O periódico é considerado uma das principais revistas do setor e tem uma tiragem média de 100 mil exemplares. A edição traz matérias e fotos sobre as atrações do litoral potiguar, em um misto de cultura, gastronomia e praia. Estão incluídos destinos como Forte dos Reis Magos, Baía Formosa, Maracajaú, Galinhos, Lajedo de Soledade e outros.

Revista destaca o turismo no RN mesmo em meio a crise financeira

facebooktwittergoogle_plusmail

Kelps diz que região Trairi foi abandonada pelo Governo

Arquivado em (AL/RN) Por Wallacy Atlas on 05-10-2017

Em seu pronunciamento durante a sessão plenária de quinta-feira (05), o deputado Kelps Lima (Solidariedade) criticou o Governo do Estado por, na sua avaliação, ter abandonado cidades e regiões. O deputado citou especificamente a região Trairi, local visitado por ele recentemente.

“A população do Trairi está abandonada, penalizada pela falta de diversos itens, especialmente a questão da segurança. Domingo estive em Santa Cruz, uma cidade importante, pólo na região, e a delegacia regional estava fechada. Recebi relatos de que no meio da semana esta delegacia fica fechada a partir de meio dia, ou seja, se um morador precisar fazer um boletim de ocorrência, terá que se deslocar a Natal”, criticou o parlamentar.

Kelps disse que a falta de segurança cria facilidades para que os bandidos pratiquem assaltos. O parlamentar citou os problemas de Tangará, local de intensa movimentação pelos viajantes. As duas agências bancárias do município foram explodidas. “A população aflita, prejudicada e a propaganda do Governo vendendo segurança, como o programa Ronda Cidadã”, criticou.

Deputado diz que região Trairi foi abandonada pelo Governo

Foto: João Gilberto
facebooktwittergoogle_plusmail

Presidente da Assembleia recebe pleitos do Sindicato dos Agentes de Saúde

Arquivado em (AL/RN) Por Wallacy Atlas on 05-10-2017

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), recebeu na manhã de segunda-feira (2), uma comitiva do Sindas-RN, Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate às Endemias. Em pauta os sindicalistas solicitaram apoio a Frente Parlamentar em defesa da categoria, apoio ao movimento nacional pelo piso nacional através de PC 22/2011 e ao PLC 56/2017 que regulamenta de fato e de direito à atividade.

“No âmbito estadual a Casa Legislativa está disposta a contribuir com a melhoria das condições do trabalho desempenho pelos agentes comunitários de saúde e agente de combate às endemias, pois são profissionais que atuam no dia a dia das comunidades, se deparam com todas as demandas das classes menos favorecidas e buscam encaminhar soluções para tais demandas”, salientou Ezequiel Ferreira.

Cosmo Mariz, presidente do Sindas, Carlos Alexandre e Luciano Silva, diretores promoções e de assuntos jurídicos, respectivamente, estiveram na audiência com o presidente da Assembleia Legislativa. A agente de saúde e conselheira de saúde em Currais Novos, Solange Maria de Medeiros, também esteve no encontro e reforçou a importância dos profissionais junto às comunidades.

De acordo com Cosmo Mariz no Rio Grande do Norte são mais de 7 mil agentes comunitários de saúde e agente de combate às endemias. A categoria terá nos meses que se seguem atividades em Brasília para acompanhar a tramitação da PC 22 e do PLC 56. “Para isto contamos com o apoio dos deputados estaduais para que pressionem a bancada federal à aderirem a nossa linha de luta”, disse Cosmo Mariz.

Ezequiel recebe categoria e debate sobre pleitos

Foto: João Gilberto
facebooktwittergoogle_plusmail