SOLIDARIEDADE: Arquidiocese de Natal lança campanha para arrecadar alimentos para policiais grevistas

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 07-01-2018

A Arquidiocese de Natal vai lançar uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis para ajudar os policiais militares grevistas que estão sem receber seus salários.

Ontem, sábado (06), ao final da celebração de encerramento da Festa de Santos Reis, o Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, fará o lançamento.

Quem desejar doar, deve se dirigir a Catedral Metropolitana, de segunda a sexta-feira, das 08h às 14h.

Na segunda-feira (08), o Arcebispo participará de uma audiência com o governador do Estado, Robinson Faria.

Dom Jaime tem audiência nesta segunda-feira com o governador

facebooktwittergoogle_plusmail

RN: Governador Robinson decreta estado de calamidade na Segurança pública do Estado

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 07-01-2018

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria decretou estado de calamidade no sistema de Segurança Pública do Estado. De acordo com o decreto, datado de sexta-feira (05) e publicado no Diário Oficial do sábado (06), o motivo é a greve dos policiais civis e militares e o aumento da violência.

“Considerando o aumento dos índices de violência decorrente da paralisação das atividades dos policiais militares e civis, consoante os dados expedidos pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social”, argumenta o governador Robinson Faria no decreto.

Governador decreta calamidade na Segurança pública do RN 

facebooktwittergoogle_plusmail

Macau fica de fora da adutora emergencial que custará R$ 5 milhões

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 07-01-2018

O governo do Estado, através da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – CAERN, está construindo uma adutora emergencial com extensão de 11 quilômetros que atenderá as cidades de Mossoró e Assú, mas deixando a cidade de Macau e demais municípios do Vale do Açu na ‘peia’ seca.

A nova adutora captará água do volume morto da adutora Armando Ribeiro Gonçalves.

A cidade de Macau, com aproximadamente 33 mil habitantes, segundo o último Senso do IBGE, vem sofrendo nos últimos anos com as constantes falta de água, consequência da escassez de chuvas, não é lembrada pelos investimentos do governo do Estado e da CAERN.

E Macau?

Com a palavra…

Adutora emergencial beneficiará apenas Mossoró e Assú

facebooktwittergoogle_plusmail