CULTURA: Projeto “Casa das Palavras” chega à Macau nos dias 7 e 8 de novembro

Arquivado em (Macau) por Wallacy Atlas on 27-10-2017

Macau será a 1ª das doze cidades que receberão as oficinas, apresentações culturais, a minibiblioteca e os encontros com escritores, poetas e vários outros artistas. O Projeto “Casa das Palavras” chega ao município nos dias 7 e 8 de novembro e cercará a cidade de ondas culturais e educativas. As ações são gratuitas e acontecerão no Teatro Porto de Ama, nas Escolas Clara Tetéu e Padre João da Penha.

Nesta etapa, serão oferecidas três oficinas culturais de contação de estórias, musica e poesia e de mamulengo, com a presença de escritores, poetas, grupos de teatro, a instalação da minibiblioteca, entre outros.

Um dos objetivos das oficinas da Casa das Palavras é promover o intercâmbio cultural entre os artistas e educadores, atuando no aperfeiçoamento dos participantes.  O projeto também prevê a instalação de minibliotecas em cada um dos municípios que recebem as atividades. Elas são colocadas em lugares públicos para estimular a leitura por meio da doação e troca de livros.

Sobre o Projeto

A “Casa das Palavras – Luz, cultura e movimento” dissemina e fortalece a cultura do Rio Grande do Norte a partir de três linhas de ação: instalação de minibibliotecas (em forma de casinhas de madeira) para compartilhamento de livros; realização de oficinas de formação em áreas como contação de histórias, teatro, coral, escrita literária, mamulengo, xilogravura, artesanato, fotografia e vídeo; e realização de palestras, recitais poéticos e espetáculos culturais em espaços públicos.

Com a confirmação do patrocínio da Cosern e da Claro, foi definido o roteiro por onde vai passar o projeto Casa das Palavras no Rio Grande do Norte. O projeto que tinha previsão inicial de chegar a dez municípios nessa próxima temporada, incorporou mais outras duas cidades, totalizando doze municípios beneficiados: Macau e Apodi (novembro/2017); São Miguel do Gostoso (dezembro/2017); Nova Cruz, Brejinho e Santo Antônio do Salto da Onça (janeiro/2018); Angicos (fevereiro/2018); Caicó (março/2018); Natal (abril/2018); São Tomé e Lagoa Nova (maio/2018); e Santana dos Matos (junho/2018).

Minibibliotecas – Onde os livros ganham asas

As pequenas bibliotecas para compartilhamento de livros são construídas no formato de casinhas coloridas de madeira instaladas em pontos de maior circulação de pessoas nas cidades. Já existem minibibliotecas instaladas em praças, canteiros, em frente a escolas, próximas às paradas de ônibus e às instituições culturais.

Cada minibiblioteca contará com um acervo inicial mínimo de 50 livros. Todos esses livros serão novos e adquiridos pelos autores ou editoras instaladas no Rio Grande do Norte. O projeto estimula também a participação direta das pessoas através da ideia “Pegue um livro e deixe um livro”.

Até julho de 2018 o Rio Grande do Norte contará com cerca de 60 minibibliotecas instaladas em diferentes municípios do estado. A Casa das Palavras tem o patrocínio da Cosern, Claro e Governo do RN, através da Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura.

A Casa das Palavras tem o patrocínio da Cosern, da Claro e do Governo do RN, através da Lei Câmara Cascudo.

facebooktwittergoogle_plusmail

Postar um comentário