TRANSPARÊNCIA: Câmara de Macau abre licitação modalidade pregão para aquisição de combustível

Arquivado em (Câmara Municipal de Macau) Por Wallacy Atlas on 04-01-2018

A Câmara Municipal de Macau torna público, para conhecimento dos interessados que, a licitação, modalidade pregão presencial nº007/2017, tendo por objeto: AQUISIÇÃO GRADUAL DE COMBUSTÍVEL, com a finalidade de assegurar o abastecimento da frota de veículos pertencente e/ou incorporado à Câmara Municipal de Macau/RN, conforme especificações e condições constantes no edital e seus anexos.

A abertura será no dia 05/01/2018, às 09h00min, na sala de licitações.

O Edital contendo maiores informações encontra-se a disposição dos interessados no setor de Licitação na Câmara Municipal de Macau.

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Prefeito estranha o fato da oposição defender que a prefeitura pague mais caro por litro de combustível

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 29-01-2017

Um fato inédito e de se estranhar. A oposição em Macau faz história e na euforia de atacar um governo que sequer completou 30 dias de gestão, inverte os papéis, defendendo nas redes sociais denúncia de empresário que queria continuar vendendo combustível a um preço maior que os atuais valores pagos pela prefeitura.

“Os gestores antes eram chamados pelo Ministério Público para se explicar sobre superfaturamento, não somente de combustível. Terei, portanto, o maior prazer em justificar a opção da prefeitura em comprar combustível mais barato e ainda apresentar um consumo mensal menor com significativa economia para os cofres da prefeitura. Tudo isso, da forma mais transparente e dentro da legalidade que a lei nos permite”, disse Tulio Lemos.

“A pesquisa de mercado ficou clara, a questão dos valores, sendo visível a todos quanto o valor pago pelo município estava acima do praticado no mercado, onde tivemos uma redução significativa nos valores, tendo o óleo diesel comum caído R$ 0,27 (vinte e sete centavos) por litro e a gasolina comum R$ 0,7 (sete centavos) por litro”, esclareceu Elias Filho, Procurador Geral do Município.

images

facebooktwittergoogle_plusmail