Prefeitura de Macau amplia presença nos assentamentos rurais

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 02-08-2017

Assentados agora com direito sobre suas terras

A Prefeitura de Macau vem ampliando a presença do poder público municipal em todas as comunidades com ações que asseguram o direito a cidadania. Nas três vilas de assentamentos do INCRA, foram entregues na última sexta-feira, 28 de julho, mais de 180 Contratos de Concessão de Uso (CCU), que transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter provisório e assegura aos assentados o acesso à terra, ao crédito e a outros programas do governo federal.

O evento para assinatura dos contratos contou com a presença do Superintendente do Incra no Rio Grande do Norte, Leonardo Bezerra, do prefeito Tulio Lemos, vice-prefeito Rodrigo Aladim, dos secretários de Assistência Social, Andrea Lemos e de Agricultura, Valfran Miranda, além de vereadores, representantes de associações e de sindicatos de trabalhadores rurais.

“Além da garantia da propriedade da terra para os trabalhadores rurais assentados, a titulação traz dispositivos norteadores dos direitos e deveres dos participantes do processo de reforma agrária, especialmente do poder público, representado pelo Incra”, destacou Leonardo Bezerra, Superintendente do Incra no Rio Grande do Norte.

Fomento Mulher

Durante a presença da Prefeitura de Macau e do INCRA nos três assentamentos foi anunciada a abertura de linha de crédito para implantação de um projeto produtivo sob responsabilidade da mulher titular do lote, no valor de até R$ 3 mil reais, em operação única, por família assentada.

O prefeito Tulio Lemos assinou um termo de cooperação técnica com o INCRA que vai viabilizar os projetos que serão inscritos para receber a linha de crédito. “Buscamos junto ao INCRA uma ação para aqueles que se consideram até esquecidos pelo poder público, diante da dívida social acumulada com essas comunidades”, destacou o prefeito.

Ações da gestão Túlio Lemos nos assentamentos em parceria com o INCRA

facebooktwittergoogle_plusmail

ALTO DO RODRIGUES: Prefeitura distribui sementes em parceria com o governo do Estado

Arquivado em (Prefeitura de Alto do Rodrigues) Por Wallacy Atlas on 02-03-2016

A Prefeitura Municipal começou nesta terça-feira (1º) a entrega de sementes de milho, feijão e sorgo para o plantio, por meio da secretaria de Desenvolvimento Rural em parceria com o governo do estado através da Emater.

Ao receber as sementes a secretaria iniciou o trabalho de logística para fazer a entrega nos bancos de sementes nas comunidades rurais onde serão distribuídas entre os produtores.

O banco do distrito de São José foi o primeiro a receber na manhã desta terça-feira (1º) e fará a distribuição com os produtores cadastrados de Tabuleiro Alto e Gajé.

No Estreito serão distribuídas as sementes entre os agricultores da comunidade e de Ponciana. Na sede da secretaria de Desenvolvimento Rural serão entregues as sementes para os beneficiários de Tabatinga, Alto Alegre e Bamburral que estão cadastrados. Os produtores de Barrocas e Listradas receberão por meio do banco de Barrocas.

Segundo o secretário Francisco Paiva (“Bão), no total serão distribuídos 3.978 kg de sementes. São 1.530 kg de milho, 1.530 kg de feijão e 918kg de sorgo. A entrega começou na manhã de hoje e permanecerá durante toda esta semana.

Ainda de acordo com o secretário Bão, a parceria com o governo estadual continua sem problemas desde o início da atual gestão municipal, facilitando a vida do homem do campo e contribuindo para o desenvolvimento da agricultura do município.

Prefeitura_Semenetes_Alto-13-horz

Prefeitura em dia com o homem do campo 

facebooktwittergoogle_plusmail

MACAU: Gestão segue em sintonia com quem mora no campo

Arquivado em (Prefeitura de Macau) Por Wallacy Atlas on 25-02-2016

A Prefeitura Macau, através das Secretarias Municipais de Agricultura, Pecuária e Pesca e de Gestão e Serviços, está executando trabalhos de recuperação do açude de uso comunitário na comunidade rural de Moinho do Juá.

A ação do governo do município fortalece a agricultura familiar, dando oportunidade ao pequeno agricultor de permanecer no campo e buscar projetos sustentáveis, a partir do cultivo de grãos, árvores frutíferas e de hortas comunitárias, por exemplo.

A água do açude também é importante para os pequenos pecuaristas da comunidade e serve para uso doméstico nas residências. Essa ação desenvolvida na comunidade de Moinho do Juá está beneficiando diretamente cerca de trinta famílias que moram na localidade.

pagef

Ação do governo municipal fortalece a agricultura familiar

facebooktwittergoogle_plusmail

Macau: Recurso financeiro chega ao Assentamento Sebastião Andrade

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 24-04-2014

Aconteceu no 25 de março e 09 de abril, assinaturas de financiamentos agropecuários, na linha do PRONAF A  e do PRONAF SEMI ÁRIDO, oriundos do recursos do governo federal,  tendo como objetivo a implantação de irrigação nos lotes, bem como, preparo de área para plantio, construção e reforma de cerca, compra de ração concentrada, construção de aprisco para cem e cinqüenta ovinos e caprinos, compra de forrageira elétrica e outros itens de investimentos, todos com o objetivo de tornar as terras dos agricultores e agricultoras mais produtivos. Foram assinados oito projetos, totalizando aproximadamente cerca de R$ 151.000,00, tendo como juros de 1% a 0,5% ao ano, com até três anos de carência e dez anos para pagar o empréstimo.

Em conversa com o agricultor Valdetario, ele relatou que; “estamos com muita esperança que esse dinheiro saia, pois queremos é ter de verdade, uma oportunidade de investir em um trabalho que nos dê condições de produzir, fazendo com que a gente não sofra tanto com a seca, como sofremos os dois últimos anos”, finalizou o esperançoso agricultor.

SEASTIAO 010

Acompanhando o técnico em agropecuária, Neto projetista, responsável pela a elaboração e assistência técnica, ele nos falou que esses financiamentos são importante, tendo em vista que faz muitos anos sem recursos no P. A. Sebastião Andrade, dificultando a oportunidade de crescimento por parte de quem realmente quer trabalhar e que cabe a cada um, dá importância a essa nova chance, pois o recurso está presente, bem como a assistência técnica, independente do que está registrado no contrato entre ambas as parte, cabendo só, interesse dos agricultores e agricultoras, para que saiam dessa situação em que se encontram, finalizou o técnico.

facebooktwittergoogle_plusmail

Reunião entre Centro Poty e Associação Rural Belizio Alexandre de Pontes resultou na aplicação dos recursos

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 24-04-2014

o técnico em agropecuária Cipriano Neto e associados da Associação Belizio Alexandre, se reuniram no dia 31 de março. Em pauta; informar ao técnico da decisão, que durante a semana foi debatido entre os associados. O pronunciamento das decisões sobre as aplicações do recurso, foi feita por Benedito, presidente reeleito para mais dois anos de mandato.

Rend22

Diante do exposto para Neto projetista, Benedito nos disse que com várias reuniões durante a semana, decidimos aplicar o resto do dinheiro da poupança, em mais construção de cercas, compra de matrizes bovinas, construção de caixa de energia elétrica, para instalação da bomba submersa, ração animal e manutenção das famílias, comentou o presidente, fazendo questão de registrar mais uma vez, que; “se não fosse a intervenção do estado, com relação aos andamentos dos trabalhos na nossa associação, todo esse dinheiro iria voltar para a União e ficaríamos no prejuízo, como também, Neto projetista, que vem cumprindo em dia a assistência técnica e nos dando muita tranqüilidade em tudo, tanto no campo como na parte burocrática”, finalizou Benedito.

Em conversa com o técnico em agropecuária Cipriano Neto ou Neto projetista, como é mais conhecido, ele falou que o processo agora é elaborar o projeto complementar e entregar a SEARA, ficando documentado a aplicação dos recursos e deixando a associação em dia com a prestação de contas”, comentou Neto projetista. Diante do que foi escolhido pelos os associados, perguntei ao mesmo sobre a sua opinião, no qual falou da satisfação, pois “isso mostra a maturidade dos agricultores e agricultoras, já que as aplicações dos recursos são direcionados em itens que fazem sentidos, para o bom andamento dos serviços vindouros, finalizou Neto.

facebooktwittergoogle_plusmail

Reunião entre Seara, Centro Poty e Associação Rural Belizio Alexandre de Pontes discutiu rendimento da poupança

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 24-04-2014

Ren1

Foi realizada no dia 20 de março, uma reunião na associação do Desenvolvimento Rural Belizio Alexandre de Pontes, da cidade de Japi/RN, onde tiveram como participante o agrônomo Giorgione, representando a Secretaria de Assuntos Fundiário e de Apoio à Reforma Agrária – SEARA, e o técnico em agropecuária Cipriano Neto, do Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar – Centro Poty, que juntos com a associação, iniciaram os trabalhos para informarem aos agricultores e agricultoras, os rendimentos da poupança do dinheiro da implantação do projeto e diante disso, abrir o debate do que será feito com tal recurso.

Com o motivo da reunião já explicado, conversamos com Giorgione, no qual nos falou que devido o tempo em que ficou parado os trabalhos dessa associação, fazendo com que o estado tivesse que intermediar na contratação de outra empresa de assistência técnica, se deu um rendimento da poupança, que tem de ser aplicado, porém, quem tem o poder de decidir o que vai ser feito com esse recurso, são os próprios associados, nos relatou o agrônomo.

Rend2

Já o técnico em agropecuária Cipriano Neto, Neto projetista como é mais conhecido, nos disse que o resultado dos assuntos debatidos na reunião, só ficaremos sabendo daqui a uma semana, pois esse foi o prazo dado aos associados, com o objetivo deles decidirem em que serão aplicados os recursos da poupança, pois terá que ser feito um projeto a parte, registrando a aplicação do dinheiro, finalizou o técnico Cipriano Neto.

Rend3

O que me chama a atenção é que, quando comecei a publicar os serviços de Neto projetista aqui nesse meio de comunicação, sobre seu trabalho na referida associação, isso a quase um ano, o mesmo me falou que sem uma assistência técnica continuada, poderá ter o dinheiro que for e mesmo assim, o sucesso ficará muito difícil. Vejo que mais uma vez, Neto projetista tem razão, no que diz respeito ao seu ramo de trabalho.

facebooktwittergoogle_plusmail

Mais um Pronaf Estiagem no P. A. Mulungu

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 06-11-2013

Doca

Foi assinado também no dia 30 de outubro, o projeto produtivo do senhor Raimundo Nonato da Fonseca, mais conhecido por Doca, morador do assentamento P. A. Mulungu, localizado no distrito de Mulungu, do município de Pendências.

Em conversa com o agricultor Doca, ele nos disse que; “há muito tempo vem tentando fazer esse projeto, pois estou precisando fazer um remonte nas cercas e preparar a área de plantio para o inverno, que com certeza Deus a de mandar chuvas e aliviar o sofrimento com a seca”, finalizou o agricultor.

Doca

Com os fatos já conhecidos pelo o blog e acompanhando o serviço do amigo e técnico em agropecuária, Neto projetista, que não mede esforços para atender a zona rural e pesqueira da nossa região, ele nos falou; “devido a falta de condições hídricas no lote do amigo Doca e por ser uma área individual, priorizamos direcionar o recurso do Pronaf Estiagem, na estruturação em segurança, com a reforma de cerca e aumento da produção de grãos e forragens, na atividade de preparo de área de terra, que será cultivado durante os invernos futuros”, concluiu Neto projetista.

O blog deseja que logo venha o inverno, pois diante das conversas que tenho sempre com o amigo Neto, é preocupante e ameaçador, não só com a produção de alimentos, como também com a reposição hídrica dos açudes, lagoas, barreiros, rios e no subsolo.

facebooktwittergoogle_plusmail

Perfurações de poços na Associação Rural Belizio Alexandre em Japi/RN

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 16-07-2013

Na última segunda-feira, 08 de julho, aconteceu à visita técnica para marcação dos locais, onde serão perfurados os quatro poços tubulares na associação Belizio Alexandre, beneficiada do Programa Nacional de Credito Fundiário, localizado na cidade de Japi. Estiveram presentes na referida visita de campo, o agrônomo da Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária – SEARA, Giorgione, Walter, dono da empresa de perfuração de poços, Josinaldo, geólogo responsável em determinar onde serão os locais para perfuração, Neto, técnico em agropecuária, responsável pelo andamento do projeto e Ramos, associado e agricultor que faz parte da quatorze famílias que moram na fazenda Samanau.

Rural

Diante dos serviços realizados, foram locados quatro pontos de perfuração, no qual o agrônomo da SEARA, que representou o estado, disse que; “A principio o projeto hídrico era para a construção de um açude, orçado em R$ 80.000,00, no qual, diante da nova assistência técnica prestada por Neto, o mesmo mostrou aos associados e a nós da secretaria, que seria mais viável a transformação desse valor em poços tubulares”, finalizou o agrônomo.

O geólogo Josinaldo ressaltou que; “Devido o tipo de material no subsolo, que predomina o cristalino nessa região, será possível obtermos poços com vazão de 800 a 3.000 litros por hora”, concluiu. Já o empresário Walter, disse que; “Devido a maquina está em Cuité, fica fácil trazer os equipamentos para perfurar esses poços, dando maior agilidade e economia para todos, principalmente para os agricultores”, finalizou o empresário.

Rural

O agricultor Ramos, que acompanhou a visita, disse da grande importância desses poços, frisando que; “Com a chegada de Neto, a coisa ta andando muito bem, pois ficamos de encontrar uma empresa para fazer esse serviço dos poços e durante um mês não conseguimos, já ele conseguiu em uma semana”, comentou o agricultor, que acrescentou ainda sobre a mudança do açude para os poços, falando que;” além da facilidade de busca e usar a água, também tem a certeza de sempre contar com a possibilidade de produção, pois teremos água de ano a ano”, concluiu o agricultor.

Em conversa com Neto projetista, ele falou que; “O objetivo foi mostrar aos associados, matematicamente custo e beneficio, volume de água entre açude e poço, bem como a funcionalidade entre ambos os sistemas de aquisição de água, nesse caso, os poços, que terão mais certeza e condições para plantar forragens, grãos e hortaliças, isso tudo próximos as residências dos agricultores e agricultoras, evitando viagens longas ao açude, tornando inoperante”, concluiu Neto.

DO BLOG: Diante do que vimos e estamos acompanhando os serviços de Neto, percebemos que os resultados positivos estão sempre acompanhando esse profissional que tanto tem serviços pelo o nosso estado a fora.

facebooktwittergoogle_plusmail

Neto projetista participa de reunião técnica junto a SEARA

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 16-07-2013

Foi realizada nos dias 09 e 10 de julho, no Centro de Treinamento João Paulo II, na capital do estado, reunião técnica do Plano Operativo Anual de 2013 (POA), com o objetivo de novas propostas para o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), analise dos atuais critérios do Programa Nacional de Credito Fundiário, retrospectiva dos trabalhos desenvolvidos pela Secretaria de Assuntos Fundiários e de Apoio de Reforma Agrária – SEARA e novo modelo de elaboração e de assistência técnica de ATER e prestação de contas do dinheiro investido nos projetos produtivos.

A oficina contou com as participações de Seara, Rodrigo Fernandes e Mathews Alencar, representando o Governo do RN, Raimundo Costa e João Vicente, representando o DCF/SRA-MDA, Fetarn Obdon da Fetarn, representando os trabalhadores rurais, Orlando Gadelha, representando os agentes financeiros e os representantes das entidades de ATER.

Depois de dois dias de trabalho, ficou decidido em assembléia o aumento do valor de dinheiro por famílias, para apreciação do MDA, em Brasília, em R$ 50.000,00, R$ 60.000,00 e R$ 70.000,00, capacitação inicial antes do projeto produtivo, sendo executado pela Fetarn ou ATER indicada pelo o referido órgão, liberação de ATER pela as associações dos agricultores e agricultoras e descredenciamento de empresas que não prestam assistência técnica de acordo com as normas.

Em conversa com Mathews Lima, o agrônomo e Coordenador de Programas Especiais e Gestão Estratégicas, disse que; “O objetivo principal é sempre buscar o melhor para as famílias rurais e as empresas de ater, aja visto que desde a criação do Programa Nacional de Credito Fundiário, os resultados são satisfatórios” conclui.

Neto

O blog conversou com Neto projetista da Codesaop/Macau, empresa de ATER, credenciada pelo o MDA e a SEARA, onde nos deu mais detalhes dos pontos em questão, ressaltando que; “O mais importante das decisões tomadas em assembléia foram, o aumento do teto por famílias, onde boa parte desse dinheiro é a fundo perdido, as capacitações iniciais do programa, que faz a triagem dos agricultores e agricultoras,  identificando assim afinidade com o campo e o associativismo, bem como, o descredenciamento das empresas que só visam o dinheiro da assistência técnica, deixando as associações sem a verdadeira ATER”, concluiu o técnico em agropecuária.

DO BLOG: Com a criação do PNCF, se deu a oportunidade de quem não tem sua propriedade ou sitio, comprar e não invadir, evitando assim, conflitos e até mortes, como nós já conhecemos. Parabéns a todos e todas pela luta.

facebooktwittergoogle_plusmail

Pronaf Estiagem em Pendências

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 09-07-2013

Na ultima terça-feira, 02, em Pedrinhas, distrito de Pendências, foi realizado a assinatura do projeto produtivo do Pronaf Estiagem e do contrato de assistência técnica entre o agricultor Jocenilson Gonçalves de Souza e a Cooperativa de Trabalho para o Desenvolvimento Sustentável do Alto Oeste Potiguar – Codesaop, onde tem como extencionista rural, Neto projetista, com escritório na cidade de Macau.

O projeto visa comprar ração, destocamento e reforma de cerca, tendo em vista ainda os efeitos da seca, Jocenilson nos falou que; “É de grande valia a ajuda que esse empréstimo vai me dá, pois até agora estava comprando ração do meu bolso e com a orientação e explicação de Neto, vejo que é possível pagar o financiamento, que só foi possível esse empréstimo, abaixo de Deus, por que Neto me acompanhou nas renegociações e só tem a agradecer a ele, pois há quase seis anos ele sempre entra em contato com a gente para falar dos direitos que nos do campo temos”, finalizou Jocenilson.

Pendências

Em conversa com Neto, perguntamos de como se dá esse projeto, e ele nos respondeu dizendo que; “Com a nova Lei de renegociação, foi possível fazer o acordo com o BNB de Macau e elaborar o projeto produtivo, que tem como financiamento a compra de ração concentrada, reforma de cerca e destocamento para plantio de pasto” finalizou o técnico.

facebooktwittergoogle_plusmail

Visita técnica no Assentamento Pirangi em Galinhos/RN

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 09-07-2013

Campo

No domingo, 30 de junho, foi realizada a primeira visita técnica por parte do técnico em agropecuária, Neto projetista, visando à elaboração do laudo que será fornecido ao Banco do Nordeste de Macau, agência responsável pela liberação dos recursos do Pronaf Estiagem, que visa amenizar os danos causados pela seca.

De acordo com o visto no campo, deu para perceber que houve um grande serviço nos lotes das agricultoras e agricultores do assentamento Pirangi, localizado no município de Galinhos/RN. Diante dos trabalhos realizados, a agricultora Andréia Delba falou que; “Junto com o meu companheiro, pretendemos melhorar o nosso lote e assim dá mais condições de trabalho, tanto na plantação como na criação de animais”, concluiu.

Rural

Já o agricultor Levi, nos disse que; “É uma grande alegria poder realizar as melhorias que estou fazendo no lote, pois só agora veio esse financiamento, depois de muito tempo tentando e não dava certo, mais graças a Deus, Neto chegou aqui no assentamento e a coisa andou” finalizou.

Em conversa com Neto projetista, ele nos falou que; “Essa etapa é para certificar que tudo está de acordo com o que foi financiado e orientado tecnicamente, dando condições de obtermos sucesso nos serviços, nesse caso, no destocamento, atividade que visa aumentar a área para plantio de grãos e forragens” esclareceu Neto.

Campo

Com um bom empenho por parte de todos, conhecimento e a prática, dois itens fundamentais nesse mundo chamado agricultura, salientando que a técnica é indispensável nesse processo de apoio a agricultura familiar, as ações são favoráveis.

facebooktwittergoogle_plusmail

Competência: Neto projetista prestando assistência em associação rural em Japi/RN

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 23-06-2013

Neto1

Foi realizado na ultima terça feira, 18, aconteceu reunião na Associação de Desenvolvimento Rural Belízio Alexandre Pontes, zona rural do município de Japi/RN, com o objetivo de dá continuidade aos investimentos de produção e construção e registrados projetados produtivo, tendo como repassador dos recursos, a Secretaria de Assuntos Fundiários e de Apoio à Reforma Agrária – SEARA, órgão estadual, em parceria com o Programa Nacional de Credito Fundiário (PNCF), em sistema de recursos não reembolsados, onde o valor aplicado na referida associação será de aproximadamente R$ 234.000,00, que serão aplicados na continuação das construções reformas de casas e de construção de cercas, compra de ovinos e caprinos, mais plantio de palmas forrageira, limpeza de açude e destocamento.

Neto2

Durante toda manhã, foi realizada a visita de campo, olhando o que já tinha sido feito, como o destocamento, o plantio de palmas, construção de cerca, construção e reformas de casas e no segundo período do dia, foi realizada uma reunião com os membros da associação, com Giorgione Carneiro Cabral, agrônomo da SEARA e Neto projetista. Foi discutido a prestação de contas do dinheiro que já foi investido, o remanejo de dinheiro para outras atividade e a apresentação de Neto projetista, para dá continuidade ao andamento do projeto produtivo.

“Há muito tempo que víamos precisando que um apoio mais presente por parte de pessoas capacitadas, pois o risco de voltar o dinheiro para Brasília era grande, já que fazia quase dois anos que o dinheiro estava parado.” Concluiu Benedito, presidente da associação.

Já o agrônomo Giorgione, que foi fazer a fiscalização da implantação do dinheiro, nas etapas da primeira parte do projeto produtivo, disse na reunião que a assistência técnica é fundamental e frisou que; “Já conheço o serviço do Neto e sei que os serviços serão concluídos até o final, aja visto que a associação se mostra comprometida com a seriedade do programa.” Finalizou.

Neto4

Em conversa com Neto projetista, ele ressaltou que; “Devido o descredenciamento da antiga empresa de assistência técnica e da procura por parte do presidente da referida associação, Benedito, por outra empresa, é que fui indicado para dá seguimento ao projeto de investimento” comentou Neto projetista, que ao ser perguntado pelo blog de como se deu esse contato entre a associação e o projetista, Neto falou; “Isso ocorreu pelo o constante contato com a SEARA, pois sempre vou lá para resolver assuntos desse tipo de trabalho e Benedito, segundo ele, já tinha tido conhecimento da minha pessoa e do meu trabalho.” Finalizou.

Com tudo resolvido, ficou acertada uma nova visita na próxima sexta-feira, onde será focado a parte de prestação de contas, individualização dos lotes e cotação de preços das empresas de perfuração de poços.

facebooktwittergoogle_plusmail

PRONAF Mais Alimentos em Pendências

Arquivado em (RN) Por Wallacy Atlas on 15-06-2013

Na ultima quinta-feira, 13, o projetista Neto, esteve em Pedrinhas, zona rural de Pendências, onde visitou o senhor Francisco Tunico de Souza, criador de vacas leiteiras, para assinar o projeto produtivo do Pronaf Mais Alimentos, no valor de R$ 20.000,00, onde pleiteia destocamento, construção de cerca e aquisição de novas vacas leiteiras, descartando três matrizes com idade avançada, onde essa substituição aumentará a quantidade de leite diário.

Em vista desse manejo de animais, só é possível devido o criador ter capim elefante irrigado, motivo pelo o qual o projeto dele vai obter sucesso.

O amigo Tunico, já utiliza a minha orientação desde 2008, fazendo com que, só me deixe agradecido pela confiança depositada, disse Neto satisfeito com mais um trabalho realizado.

Rural

Neto ao lado do amigo Francisco Tunico finalizando mais um trabalho

facebooktwittergoogle_plusmail

Seca: Reunião visando ações de combate a seca na zona rural de Galinhos/RN

Arquivado em (Agricultura) Por Wallacy Atlas on 26-05-2013

Foi realizada ontem, sábado, 25, em Natal, uma reunião entre o Sr. Cícero, Presidente do Sindicato Rural de Galinhos/RN, Vanuelbe, Agricultor do Assentamento P. A. Pirangi e também vereador, com Neto projetista, técnico em agropecuária da Codesaop/Macau.

Com a preocupação real do presidente do sindicato rural e do vereador do referido município, Cícero e Vanuelbe, respectivamente, entraram em contato com Neto projetista e marcou a reunião para debaterem o grande problema que enfrentam hoje, no caso, a seca, motivo pelo o qual tem dado muito prejuízo a renda familiar rural e diminuição de rebanhos, principalmente de bovino.

Para Cícero, Presidente do Sindicato Rural de Galinhos; “É muito importante para nós do campo, que tivéssemos essa conversa com Neto e Vanuelbe, pois os dois são pessoa que, a gente acredita, e que tem condições de planejarem e realizarem algo para nós.” concluiu Cícero.

Já o vereador Vanuelbe, disse que; “Há dias tínhamos planejado essa conversar, pois a responsabilidade agora é maior, devido está vereador pela primeira vez, alem de morador e ser agricultor do assentamento Pirangi, vejo que foi muito proveitoso e já saímos daqui com boas noticias que o Neto nos passou“ finalizou o vereador.

Neto projetista nos falou que são esses acontecimentos que sustentam as esperanças em um mundo melhor. “Notei no Vanuelbe, um forte e verdadeiro interesse em ajudar, no que for possível a zona rural de Galinhos e como já conversamos, agora é executar o que foi encaminhado nessa reunião.” finalizou o técnico em agropecuária.

Diante do que foi falado, debatido e planejado, ficou encaminhado uma visita ao assentamento P. A. Pirangi, para iniciar os serviços de conhecimento e acompanhamento do projeto Apoio Mulher, medição topográfica da divisa da fazenda como também uma reunião geral com os agricultores e agricultoras do referido assentamento.

Rural

Cícero, Presidente do Sindicato Rural de Galinhos, Vanuelbe e Neto projetista

facebooktwittergoogle_plusmail